© 2013 Letícia Barreto

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

Entropia na Caneca

 

Entropia na Caneca é o nome de um duo artístico formado pelos artistas Joaquim Marques e Letícia Barreto. Embora já realizassem trabalhos colaborativos de forma experimental, foi a partir do convite para apresentarem um projeto na 1ª Frestas Trienal de Arte no SESC Sorocaba, em 2015, que resolveram oficializar a dupla artística. 

 

O nome da dupla remete às conversas sobre a arte e o cosmos nos intervalos das aulas de Aquarela no Nextart em Lisboa, onde Joaquim e Letícia eram professores. 

O efeito de uma gota de leite misturada ao chá levou à conversas que giravam em torno do movimento das galáxias, da entropia e do caos, e em analogia, ao caos do processo criativo. 

Frestas Trienal de Artes - Poipoidrome

Sesc Sorocaba 2015

Poipoidrome é a terceira exposição imbricada nesta edição de Frestas. Seu nome é uma referência à obra homônima do artista francês Robert Filliou, realizada em colaboração com o arquiteto Joachim Pfeufer, a partir de 1963, que propunha uma reflexão sobre o que é a arte e quem são os artistas. O núcleo expositivo apresentará, assim, entre outros trabalhos, um conjunto de obras realizadas pelos artistas participantes do Ateliê de Pesquisa em Poéticas Visuais, que serão, ao mesmo tempo, confrontados com as questões levantadas por Filliou e Pfeufer.
De 4 de março a 3 de maio de 2015

1/1

Paratíssima Lisboa 2016

PARATISSIMA LISBOA é um desafio inovador para a arte contemporânea e o espaço urbano, constituindo-se como um grande evento público, colaborativo, inclusivo e democrático, de elevado potencial transformador para o território e para os artistas. Primeiro, porque o processo de curadoria colaborativa, baseado na pesquisa etnográfica, faz a arte invadir o território mas de forma integrada e adaptada ao espaço e aos seus moradores. Segundo, a dinâmica do evento em si e o diálogo gerado entre todos os atores é fortemente catalisadora de mudança social, desde a percepção da arte, à valorização do património e aos efeitos económicos no território. Terceiro, porque para muitas dezenas de artistas e outros agentes culturais é não só um processo de capacitação e profissionalização para o sector, mas um processo de consciência social e competência cultural com efeitos multiplicadores e potencial de replicação.

A Junta de Freguesia de Santa Maria Maior - promotora do evento Paratissima Lisboa 2016 - e o EBANOCollective - criadores e organizadores - acreditam que PARATISSIMA constituirá um marco na reflexão e na prática da arte contemporânea e da intervenção no espaço público, particularmente importantes neste momento de rápidas transformações urbanas em virtude da crise, do crescimento do turismo e de novas tensões sociais e geracionais do centro histórico de Lisboa.

A edição de 2016 trouxe a arte contemporânea no espaço público, num percurso de 2,5Km entre Alfama, Castelo e Mouraria cheio de talento, criatividade e vontade de interagir com a cidade e os seus habitantes.

1/2

PROJETOS E EXPOSIÇÕES

Euforismos

Acho que é isso

O que o Google diria?

Linhas transitórias

linhas do destino site.jpg

Linhas do Destino

Já não sou quem era quando abalei. 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now